23 / 01 / 2017
CREMERJ participa de ato em prol da Uerj
Professores, estudantes e funcionários da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) realizaram nessa quinta-feira, 19, um "abraço coletivo" na faculdade. O ato teve como objetivo protestar contra o abandono e a crise que a instituição enfrenta. Cerca de três mil pessoas participaram da mobilização, que aconteceu no campus do Maracanã. O conselheiro Serafim Borges representou o CREMERJ no evento.

Os manifestantes reivindicaram os pagamentos de novembro e dezembro e do 13º dos funcionários, além do repasse de bolsas e auxílios para pesquisas. Os atrasos dos pagamentos e dos repasses de verbas também têm afetado as atividades acadêmicas e os atendimentos do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe).

Serafim Borges ressaltou que a crise na universidade é resultado de uma administração que não prioriza a educação nem a formação de qualidade. “Infelizmente, situações como a da Uerj tem se replicado por todo o Brasil. A educação tem sido tratada como segundo plano, mas não podemos deixar que uma faculdade como esta seja tratada com descaso. O CREMERJ traz seu apoio e estará na luta para que a Uerj mantenha o seu perfil de excelência”, declarou.