25 / 05 / 2017
Seccat reúne representantes das Câmaras Técnicas do CREMERJ
Fazer um agradecimento oficial aos membros e aos coordenadores das Comissões e Câmaras Técnicas do CREMERJ, apresentar novos projetos em andamento e abrir espaço para sugestões e críticas foram os principais pontos de reunião, organizada pela Secretaria das Comissões e Câmaras Técnicas (Seccat) do CREMERJ, nessa quarta-feira, 24. 

Na mesa de abertura estavam o presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, o vice-presidente e diretor responsável pela Educação Médica Continuada, Renato Graça, e os conselheiros Sidnei Ferreira – que também é diretor do Conselho Federal de Medicina (CFM) – e José Ramon Blanco, que é presidente da Associação dos Médicos do Estado do Rio de Janeiro (Somerj). 

Em sua apresentação, Renato Graça enfatizou a importância dos pareceres técnicos e da organização de fóruns e palestras científicas. “Em nome de todos os médicos do Rio de Janeiro, gostaria de agradecer aqueles que fazem parte das comissões e das câmaras técnicas do CREMERJ, dedicando um tempo precioso para difundir seus conhecimentos em prol de uma medicina melhor para a nossa população”, disse. 

Segundo ele, a Seccat é o setor do Conselho que reúne o maior número de médicos, mais de mil, em 54 câmaras técnicas e 14 grupos de trabalho. 

Renato Graça também destacou a criação da TV CREMERJ e de um aplicativo do CRM para smartphones. “Essas iniciativas têm como finalidade nos aproximar dos médicos, além de divulgar informações científicas e sobre os trabalhos realizados no Conselho”, explicou ele. 

Coordenadores e membros das câmaras técnicas apresentaram suas sugestões e críticas, entre elas, maior interação entre as especialidades, divulgação para jovens médicos, elaboração de um regimento interno propostas para a permanência de membros nas câmaras, resolução de conflitos e critérios de admissão e dispensa das comissões e das câmaras. 

“Vamos analisar cada uma das idéias apresentadas. Esperamos estreitar ainda mais a aproximação entre a diretoria do Conselho e os integrantes das câmaras técnicas”, finalizou Renato Graça.