18 / 07 / 2017
Somerj realiza encontro do Conselho Deliberativo
O CREMERJ participou da 4ª reunião do Conselho Deliberativo da Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj), que aconteceu nessa sexta enesse sábado, 14 e 15, na Associação Médica de Macaé (AMM). O presidente do CRM, Nelson Nahon, e o diretor e presidente da Somerj, José Ramon Blanco, participaram do evento.

O primeiro dia do evento foi aberto com a palestra “Reforma da Previdência - Conhecer para entender e amenizar impactos no Projeto de Aposentadoria”, ministrada pelo matemático e especialista em finanças e aposentadoria Fábio Shikida Júnior. Em seguida, o oncologista Rafael Jacob ministrou a palestra científica “Perspectiva da Oncologia no Cenário Brasileiro”. Foram abordados os modernos métodos de diagnóstico e tratamento, as medidas preventivas do câncer, o cenário atual da rede pública e particular e as perspectivas para o futuro.

No segundo dia aconteceu a reunião do Conselho Deliberativo da Somerj, onde foram discutidos os diversos temas que envolvem a crise da saúde pública do estado do Rio de Janeiro. Também foi debatida a qualidade da formação médica e a abertura de novas escolas de medicina.
 
Nelson Nahon falou sobre os efeitos da crise financeira do Estado em toda a rede pública de saúde, como o fechamento de serviços e a restrição de atendimento em diversas unidades.  O presidente do CRM também abordou a posição desastrosa do ministro da Saúde, Ricardo Bastos, e a proposta de criação dos planos populares.
 
“O que vemos hoje é um total descaso das autoridades com a saúde da população. São hospitais sucateados, serviços sendo fechados, funcionários da Saúde com salários atrasados e sem condições de trabalho. Infelizmente não temos visto vontade política dos governantes para mudar a situação. Mas não vamos desanimar com este cenário e deixar de lutar pela manutenção e qualidade do SUS”, desabafou Nahon.
 
A reunião deliberativa, que contou com a presença de nove filiadas, foi encerrada após os informes das associações e da diretoria da Somerj. Também participou do encontro o presidente da AMM, Cícero Silva Costa. 
 
“A reunião foi muito positiva. Temas de grande relevância do nosso dia a dia, como a crise nos hospitais e a valorização médica, foram debatidos e avaliados. A medicina vive um momento delicado, onde cada vez mais as condições de trabalho na rede pública e no atendimento estão precarizadas. Por conta disso, é tão importante o debate entre as entidades para que ações sejam elaboradas”, explicou José Ramon.