28 / 08 / 2017
Em assembleia, médicos do INC criticam troca de diretor

Médicos do Instituto Nacional de Cardiologia (INC) promoveram uma assembleia no auditório da unidade nesta segunda-feira, 28. O evento, que teve a participação de cerca de 200 pessoas, contou com a presença do presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, e do presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Leôncio Feitosa. Um dos principais pontos criticados pela categoria foi a mudança de diretor pela quarta vez em 18 meses.

O antigo diretor, que fazia parte do corpo clínico, foi exonerado. Ele chegou a dizer, em reunião com o Cremerj e o Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde, que o INC havia reduzido em 30% os procedimentos. O atual diretor, nomeado por indicação política e não técnica, não integrava o corpo clínico.

“O INC é uma unidade de excelência que realiza procedimentos de alta complexidade, por isso é fundamental que a escolha do diretor seja baseada, principalmente, em critérios técnicos. Apoiamos a decisão da assembleia”, disse Nelson Nahon.

No encontro foi deliberado: a anulação da nomeação do novo diretor, a realização de uma manifestação em frente ao INC nesta quarta-feira, 30, às 9h, e a criação de uma comissão para apresentar critérios para o perfil do diretor, como ser membro do corpo clínico. Foi decidido ainda encaminhar a lista do que foi aprovado pela assembleia ao ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Os médicos da unidade também criaram uma petição na internet, pedindo o apoio da comunidade, para que o Ministério da Saúde suspenda a mudança de diretor e abra um canal de diálogo com os servidores do INC. Clique aqui para assinar a petição.