11 / 12 / 2017
CRM divulga nota de alerta devido à crise na Saúde do RJ

O CREMERJ divulgou no jornal O Globo desse sábado, 9, uma nota de alerta devido à grave crise em que se encontra o sistema público de saúde no Estado do Rio de Janeiro.  

Leia abaixo a nota completa:

ALERTA AOS MÉDICOS E À POPULAÇÃO

O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - CREMERJ, no uso de suas atribuições legais, de acordo com o disposto no art. 15 da Lei n º 3.268/57, especialmente atento ao seu dever de fiscalizar o exercício profissional dos médicos e à defesa das prerrogativas destes, tendo em conta a situação de absoluta falência  dos serviços públicos de saúde no âmbito do Rio de Janeiro e, igualmente, nos demais municípios do Estado, com falta de profissionais e insumos, como constatou através de diversas fiscalizações, vem proclamar, sob o ponto de vista ético, que a responsabilidade por essa realidade cabe, com exclusividade, ao governador e aos prefeitos, que, com sua omissão e o desprezo aos princípios constitucionais, estão colocando a população sob risco.

O CREMERJ alerta a população fluminense que os médicos estão trabalhando em condições extremamente precárias, sem que as autoridades proporcionem os meios necessários para a real preservação da vida e da saúde dos pacientes, ao mesmo tempo em que tentam passar a falsa ideia de que tudo se encontra dentro da normalidade.

Esta declaração tem a finalidade de deixar claro que os médicos e os demais profissionais de saúde não são os culpados pela crise vivida no Estado e no município do Rio de Janeiro, cabendo esta responsabilidade exclusivamente aos gestores estadual e municipais.

       Rio de Janeiro, 09 de dezembro de 2017

Nelson Nahon

Presidente do CREMERJ