12 / 12 / 2017
Acamerj comemora 43 anos de fundação

A Academia de Medicina do Rio de Janeiro (Acamerj) promoveu sessão solene em comemoração ao seu 43º aniversário nessa sexta-feira, 08, no auditório do Núcleo de Estudos de Biomassa da Universidade Federal Fluminense (NAB/UFF). Na ocasião, a entidade lançou o hino da Acamerj e concedeu as medalhas de mérito médico e de Acadêmico do Ano, além de placas comemorativas e de homenagem. A diretora do CREMERJ Marília de Abreu representou o conselho na solenidade.

O presidente da Acamerj, Luiz Augusto Pinheiro, fez um elogio aos homenageados e discursou sobre a importância de reconhecer os profissionais que se destacam na Medicina. "O currículo de todos mostra o acerto da Acamerj ao apontá-los como modelo para atuais e futuras gerações. O momento que vivemos justifica isso", declarou.

As medalhas de Mérito Médico foram concedidas a Paulo Roberto Barrozo, Rômulo Tassara, Vanda Vasconcelos, Guilherme Lopes, Antônio Carlos da Silva, Luis Arnaldo Pereira, Luiz Fernando do Carmo, Ueliton Vianna e Douglas Thuler. Os diplomas e as medalhas de Membro Benemérito foram ofertados a Adyl Preis, a Roberto Preis e ao maestro Geraldo Ferreira. As placas comemorativas de centenário de nascimento foram oferecidas aos acadêmicos José Guasti e Roched Seba. O acadêmico Henri Wadihi Curi foi homenageado com placa.

A Academia Fluminense de Letras foi agraciada com uma placa em comemoração ao seu centenário, e a Associação dos Professores Inativos da Universidade Federal Fluminense (Aspi/UFF) recebeu uma placa em homenagem ao seu jubileu de prata. Os acadêmicos falecidos em 2017 Miguel D’Elia, José Machado, Paulo Carneiro e Rogério Benevento também foram homenageados. O médico Waldenir de Bragança recebeu o título de Acadêmico do Ano de 2017.

Ocorreu ainda o lançamento do hino da Acamerj, composto pelo acadêmico Luiz Pinheiro. Regido pelo maestro Joabe Ferreira, o Coral Cantar é Viver, da Aspi/UFF, fez a primeira apresentação da canção.

Marília de Abreu, que integrou a mesa solene, destacou a importância da Acamerj e parabenizou a entidade pelos 43 anos de criação.

“A Acamerj tem um papel muito importante para a Medicina e a sociedade civil. Parabenizo, em nome do CREMERJ, todos que contribuem para a manutenção dessa entidade. Aproveito também para saudar os homenageados nesta noite. Vocês são merecedores dessa honraria”, acrescentou Marília.