11 / 01 / 2018
Vitória dos residentes: Prefeitura anuncia pagamento de bolsas

A união dos residentes da rede municipal do Rio de Janeiro com a Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio (Amererj), o CREMERJ e o Sindicato dos Médicos dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed-RJ) resultou em uma vitória para a categoria nessa quarta-feira, 10. A Prefeitura do Rio regularizou o pagamento das bolsas de parte dos profissionais e se comprometeu a quitar o restante até o fim desta quinta, 11. Os depósitos estavam em atraso há dois meses.

 

A regularização do pagamento foi negociada durante reunião entre o secretário municipal de Saúde, Marco Antônio de Mattos; o vice-presidente da Amererj, Luiz Fernando Rodrigues; e os diretores do CREMERJ Nelson Nahon e Gil Simões. Durante o encontro, foram apresentadas as reivindicações dos médicos, que anunciaram uma paralisação com início nesta sexta-feira, dia 12. Além da regularização das bolsas, foi solicitada a criação de ações que promovam a segurança dos residentes e a garantia de melhores condições de trabalho. Eles também pleiteiam o fim do sucateamento das unidades hospitalares.

 

“Estamos muito satisfeitos com o resultado da negociação porque a nossa principal pauta foi atendida antes de deflagrarmos a greve. Agora, vamos avaliar os rumos do movimento, pois ainda precisamos que as outras reivindicações sejam atendidas”, disse o vice-presidente da Amererj.

 

Nelson Nahon parabenizou o grupo pela conquista: “A articulação da Amererj, em parceria com as entidades, mostrou a força dos residentes. Embora seja uma vitória importante, é necessário que se continue lutando por melhores condições de trabalho e pela qualidade do ensino na residência médica”, acrescentou.  

Na foto: Assembleia Geral dos Médicos Residentes realizada no dia 08/01/18 no CREMERJ.